Um bastão basta

11/08/2017 15:04
                         
 
Conforme já analisamos em muitos outros artigos existem certas passagens no evangelho que relatam o mesmo acontecimento. Ora como é evidente sendo o mesmo relatado por diferentes evangelistas é natural que cada um individualmente relate o mesmo episódio de forma diferente, ainda que não se contradigam. É claro que os críticos forçam muitas vezes essas passagens tentando encontrar contradições, mas como já vimos por várias vezes isso nunca é o caso, antes pelo contrário, elas se complementam e dão-nos uma visão mais completa do relatado, pelo que as passagens devem ser vistas em conjunto.
Este tipo de passagem sendo relatada pelos diferentes evangelistas, frequentemente também nos alerta para a importância da mensagem trazendo-nos valiosos ensinamentos.E hoje trazemos mais uma destas mensagens.
 
As passagens
 
Quando Jesus enviou os apóstolos para pregar o evangelho lhes deu algumas valiosas instruções, que como veremos são de grande utilidade até para nós atualmente, vejamos:
 
Não levem nem ouro, nem prata, nem cobre em seus cintos;
não levem nenhum saco de viagem, nem túnica extra, nem sandálias, nem bastão; pois o trabalhador é digno do seu sustento.

Mateus 10:9,10
 
Chamando os Doze para junto de si, enviou-os de dois em dois e deu-lhes autoridade sobre os espíritos imundos.
Estas foram as suas instruções: "Não levem nada pelo caminho, a não ser um bastão. Não levem pão, nem saco de viagem, nem dinheiro em seus cintos; amarrem sandálias, mas não levem túnica extra;

Marcos 6:7-9
 
E disse-lhes: "Não levem nada pelo caminho: nem bastão, nem saco de viagem, nem pão, nem dinheiro, nem túnica extra.
Lucas 9:3
 
Contradição?
Vemos aqui a aparente contradição. Segundo Marcos, foi dito aos apóstolos que levassem um bastão e que amarrassem sandálias, mas o registo de Lucas parece dizer que não deviam levar nada, nem mesmo um bastão. Diferentemente de Marcos, Lucas não menciona sandálias. Mateus por sua vez diz para não levar túnica, sandálias e bastão extra e esse é o ponto fulcral para se entender a complementariadade das passagens.
 

Desfazendo a contradição

Para entender o que Jesus queria dizer naquela ocasião, note uma expressão em comum entre esses três evangelhos. Nos relatos que acabamos de citar, foi dito aos apóstolos que não usassem ou não tivessem “túnica extra”. É certo que cada apóstolo estava usando uma. Assim, não deviam levar mais uma para a viagem. Também usavam sandálias. Marcos destacou a necessidade de usar sandálias, as que já tinham nos pés, Assim embora Mateus pareça dizer para não levar apenas túnica extra, é evidente que se referia de igual modo às sandálias e ao bastão. Ora como é óbvio ninguém iria fazer uma viagem longa e em terreno pedregoso descalço, logo é evidente que, tal como a túnica, o que Jesus queria dizer era para eles não se preocuparem em levar sandálias extra, assim como bastão extra.
.
 
O bastão era uma peça essencial e comumente utilizado nas viagens a pé entre os judeus da altura pelo que era certo que os discípulos já tivessem um em sua posse, assim, tal como as sandálias, os discípulos poderiam levar o que já tinham.
O relato de Lucas por sua vez é menos específico mas contextualizando com os outros dois é evidente que Lucas se refere para não levarem nada extra do que já possuíam, até porque a palavra grega utilizada no evangelho original de Lucas significa “procurar”,“obter”. Ora era evidente que tal como as sandálias e a túnica eles já tinham um bordão, pelo que não precisavam de “procurar” ou “obter” outro.
Embora de início os relatos evangélicos possam parecer contraditórios, todos se referiam ao mesmo ponto. Os apóstolos deviam viajar com o que já possuíam, sem se preocupar em adquirir coisas a mais. Por quê? Porque Deus lhes proveria do necessário.
 
 

A importância do bastão e seu significado para nós

 
 
Mas como foi dito, quando vemos estas pequenas supostas “confusões” no evangelho elas sempre têm como objetivo alertar-nos para a importância do assunto que encerram, levando-nos a ir mais fundo na mensagem e seu significado. E o bastão é sem dúvida o elemento a que aqui devemos estar atentos, vamos então ver qual era a sua utilidade no tempo de Jesus.
Segundo a The Jewish Encyclopedia (Enciclopédia Judaica) era costumeiro entre os antigos hebreus levarem bastões em suas viagens.
O bastão era usado como um instrumento de auto-proteção contra ladrões ou até animais selvagens conforme necessário, para não falar sobre o uso prático de manter o equilíbrio em caminhos irregulares em uma era antes do asfalto e com estradas romanas limitadas. Era um equipamento tão essencial que até os mendigos os carregavam quando viajam, não era concebível a ninguém fazer uma viagem a pé sem esta peça de equipamento essencial na época.
O bastão para além de tudo isto é algo em que nos apoiamos em nossa caminhada e sendo assim a que poderemos compará-lo na nossa caminhada nesta vida?

É óbvio que à palavra de Deus! 
Sendo assim é evidente o sentido mais profundo desta mensagem para nós atualmente. Visto que Jesus indica aos apóstolos que a divulgação do evangelho é urgente e eles deviam partir o quanto antes viajando com o que já possuíam, sem se preocupar em adquirir coisas a mais porque Deus lhes proveria do necessário, é óbvio que isso também se aplica a nós. Então o Bastão, que representa atualmente para nós a palavra de Deus, é algo essencial e a única coisa que precisamos para trabalhar na divulgação do evangelho.
Se pode ser cristão sem conhecer o evangelho?
Um cristão só se pode considerar assim se conhece pelo menos a mensagem de Jesus que se encontra no Novo Testamento, isso é essencial para a sua fé e para o seu trabalho de evangelização, trabalho esse ordenado pelo próprio Senhor Jesus. Conhecer o evangelho atualmente é tão importante como sandálias e bastão para uma caminhada no tempo de Jesus.

Vejo muitas vezes “cristãos” arranjando mil e uma desculpas para não fazerem o trabalho de divulgar o evangelho e não falarem até com familiares e amigos para a urgência de aceitarem a Cristo. Dizem que não sabem suficientemente de ciência ou de história, que são maus oradores, que são tímidos, que não gostam de incomodar as pessoas, que têm que trabalhar, etc. 
Mas tudo isso são desculpas e não devem servir de impedimento para o que é fundamental nesta vida que é pregar a palavra de Deus e ajudar a salvar almas, pois na verdade tudo o resto é acessório.
Assim como Jesus nos diz que basta levar o bastão, a nós também só nos basta conhecer o evangelho, pois tudo o resto o Senhor proverá.
Por exemplo se falarmos a alguém que se quer refugiar em teorias falsas na tentativa de descredibilizar a Bíblia e não temos o conhecimento suficiente na área em questão para rebater, podemos sempre encaminhar essas pessoas para analisarem essas questões pesquisando por sites cristãos da especialidade sem aprofundarmos nós mesmo um assunto que não estamos totalmente à vontade. Se eles não o fizerem isso já não é connosco e sim da sua própria responsabilidade. 
Mas isso são casos pontuais pois conhecendo o evangelho teremos o conhecimento suficiente para falar em Jesus, no sistema maligno deste mundo e até na Nova Ordem Mundial e logo da salvação que essa alma precisa. 
Devemos também com Amor alertar para o pecado e mau caminho das pessoas, tentando fazer com que se arrependam e caso não o façam a responsabilidade passa a ser inteiramente delas. Devemos respeitar o livre arbítrio pois o nosso trabalho é só alertar.
Claro que caso a caso existem algumas particularidades, mas nada que impeça de pregar o evangelho, até porque sabemos que o Espírito Santo nos auxiliará:
Porque na mesma hora vos ensinará o Espírito Santo o que vos convenha falar.
Lucas 12:12
Não há desculpas, o tempo é agora, pegue o seu “bastão”, calce as suas sandálias e pés ao caminho, pois foi Jesus que nos ordenou a fazer esse trabalho e essa é a missão de todo o cristão, podendo ter a confiança que em tudo Deus proverá e nada nos faltará.
 
Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê;
Romanos 1:16
 

Fontes:

Bring a staff, or not?
http://www.tektonics.org/gk/halfstaffed.php
Quando Jesus Cristo enviou os 12 apóstolos para pregar, foi-lhes dito que levassem bastões e usassem sandálias?
https://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2011202#h=4