Ter fé como um grão de mostarda - Parte 2 - Tornando a fé eficaz

26/04/2016 12:31

                       

 

Leia primeiro:

Ter fé como um grão de mostarda - Parte 1 - Tamanho ou qualidade?

http://www.nunes3373eb.com/news/ter-fe-como-um-grao-de-mostarda/

 

 

Disseram então os apóstolos ao Senhor: Acrescenta-nos a fé.
E disse o Senhor: Se tivésseis fé como um grão de mostarda, diríeis a esta amoreira: Desarraiga-te daqui, e planta-te no mar; e ela vos obedeceria.

Lucas 17:5,6

 

Agora que já sabemos o que é a fé, e que é a qualidade e não o tamanho da mesma que faz a diferença, vamos então analisar como podemos tornar a mesma ativa e eficaz de forma a que cada vez mais possamos ver os seus efeitos. E para isso a passagem a analisar será a de Lucas 17.

Lendo a passagem vemos que os discípulos pedem a Jesus para que ele lhes aumente a fé, à qual Jesus volta a responder que basta que a fé seja como um grão de mostarda, sendo que é nesta pequena semente que reside o grande segredo.

E como as escrituras se explicam a si próprias vamos ver como elas nos definem o grão de mostarda e o que este é capaz de fazer:

 

É como um grão de mostarda, que, quando se semeia na terra, é a menor de todas as sementes que há na terra;
Mas, tendo sido semeado, cresce; e faz-se a maior de todas as hortaliças, e cria grandes ramos, de tal maneira que as aves do céu podem aninhar-se debaixo da sua sombra.

Marcos 4:31,32

 

Então qual o paralelo que podemos traçar entre o grão de mostarda e a fé?

Voltemos aos discípulos, estes quando pedem um aumento de fé estão olhando para sua própria fé e vendo-a tão pequenina que não alcança o nível do ensino do Mestre; então reconhecem que sua pequena fé precisa crescer. Mas como fazer crescer a fé?  Eles pedem a Jesus que faça sua fé aumentar, só que Ele não faz nada pela fé deles; Ele simplesmente ensina-os que a responsabilidade de aumentar a fé não era de Deus, mas deles mesmo! E então ensina-os como fazê-lo: 

 

A FÉ DEVE SER SEMEADA

Se você tem um grão de mostarda, mas reconhece que ele não é suficiente para o que você precisa e quer aumentar seu estoque de mostarda, o que deve fazer? 

Semear para que possa colher mais! Toda semente semeada se torna ativa e vai se desenvolver até se tornar uma planta totalmente desenvolvida, no caso do grão de mostarda o resultado final chega a ser até como uma árvore.

 

Para que nossa fé cresça, temos que SEMEÁ-LA. E a forma pela qual se semeia a fé é mediante seu exercício; quando usamos a fé que temos em uma necessidade específica, e vemos a intervenção de Deus, colhemos mais fé. Pois à medida que a usamos, e vemos os resultados, ela se fortalece e assim vai crescendo até que possa chegar ao ponto de transportar não somente amoreiras, como também montes!

Precisamos aprender a fazer crescer a nossa fé. Como diz a Escritura: “a justiça de Deus se revela de fé em fé” (Rm 1.17). Poderíamos exemplificar esta verdade dizendo que a vida de fé é como galgar uma escada, degrau após degrau. Há diferentes níveis de fé e devemos crescer neles.

Assim é com a fé. Não importa se o que você tem é pouco, você pode aumentar, fazer crescer sua fé. Não adianta orar para que Cristo o faça, pois Ele não vai fazer; já não fez pelos apóstolos para ensinar que é responsabilidade nossa, e não fará por nós. Há orações que Deus jamais responderá, uma vez que já tenha dado toda instrução em sua Palavra para resolvermos o problema.

 

A legitimidade do pedido

A legitimidade do pedido é também importante, pois Deus não está aqui para nos sustentar caprichos ou vaidades e amando-nos com certeza não nos concederá nada que vai acabar por nos prejudicar no futuro.

É então quanto a mim importante que os nossos pedidos estejam enquadrados nos valores cristãos e de acordo com nossas necessidades reais. Para isso, como é óbvio, será importante conhecer as escrituras pois são elas que nos enquadram no que é certo e é errado.

 

A perseverança

Um outro ponto importante a saber é que nem sempre o tempo certo (o de Deus) é o nosso tempo. Às vezes parece-nos que precisamos de algo para ontem, mas na verdade será melhor que tudo aconteça no seu tempo devido. pelo que não devemos esmorecer e sim perseverar na oração, este é um outro aviso importante que Jesus nos deixa:

 

Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar.
Lucas 18:1

(Recomendo a leitura da parábola exposta nos versículos seguintes a este)

 

Perseverai na oração, velando nela com ações de graças,
Colossenses 4:2

 

Ou seja, não devemos ser inconstantes neste ponto e insistir em nossos pedidos acreditando que Deus nos ajudará, pode não ser logo, mas podemos ter a certeza que será na hora certa!

 

Conclusão

 

Nestes dois artigos sobre o poder da fé vimos então o que esta realmente é e como podemos torná-la eficaz. Entendemos que não é uma questão de tamanho mas sim de qualidade da mesma, ou seja, termos a verdadeira crença na justiça de Deus. Dessa forma aprendemos o que fazer para que o Senhor venha até nós ajudando-nos em toda e qualquer necessidade ou dificuldade que possamos enfrentar. E sabendo que é exatamente nas alturas difíceis de nossa vida que a nossa fé é posta em causa e atacada, é exatamente nesses tempos que mais nos devemos lembrar de como podemos ultrapassar as dificuldades usando a fé.

 

E como mensagem final gostaria de dizer ao leitor que não interessa o grau de fé que você tem hoje, simplesmente o coloque onde ele se poderá desenvolver. Pois assim como o grão de mostarda se torna ativo quando é semeado na terra, você deve colocar seus pedidos na oração. Faça assim e persevere na mesma e se realmente o seu pedido for legitimo e justo você o verá concretizado na hora certa para que tudo seja perfeito. Deus pode TUDO e podemos ter a confiança que como bom Pai tudo que Ele quer é a nossa felicidade, o problema sempre somos nós, que nem sempre o procuramos e ouvimos a sua palavra...

 

Fontes:

O QUE SIGNIFICA TER FÉ COMO GRÃO DE MOSTARDA?

blogdosubira.wordpress.com/curiosidades-biblicas/fe-como-grao-de-mostarda/