Papa Francisco e a agenda Gay da Nova Ordem Mundial

13/07/2016 17:35

           

 

NOTA:

Este artigo era para ser inicialmente colocado no site www.nunes3373.com original de informação anti-NOM, mas devido às considerações bíblicas aqui expostas achou-se por bem publicá-lo aqui.
 
Antes de iniciar este artigo é conveniente fazer alguns esclarecimentos importantes:
 
Em primeiro lugar nada de pessoal tenho contra os homossexuais e também nada de mal lhes desejo, respeito as suas escolhas (ainda que não apoie essa orientação) e desejo que todos se salvem da destruição, sendo este artigo publicado com esse mesmo objetivo.
Feitos estes esclarecimentos avançamos então para a matéria em causa.

 

A agenda Gay

Num mundo cada vez mais relativista e intolerante relativamente a posições que defendam a Bíblia como a verdadeira, única, eterna Palavra de Deus e por conseguinte toda a sua conduta moral, vemos cada vez mais na mídia, na política e até na religião uma clara agenda de normalização e até condicionamento da aceitação da homossexualidade como algo perfeitamente natural. É incontestável que o tema “homossexualidade” nunca foi tão explorado pela mídia como atualmente. Na televisão, os programas de auditório recebem militantes gays para entrevistas e debates sobre suas conquistas e promoção de seus eventos. Novelas, seriados, videoclips e filmes também exaltam a homossexualidade. Rádios, jornais e revistas abriram-se e promovem a questão, o assunto está sempre na ordem do dia.
 
A “agenda gay” é de tal ordem que até algumas igrejas ditas “cristãs” já consideram as práticas homossexuais a coisa mais natural do mundo querendo esquecer o que a Bíblia refere sobre o assunto.
A igreja católica por intermédio do Papa Francisco é um belo exemplo do que falamos e vamos aproveitar algumas das suas últimas palavras sobre o assunto (quando recentemente foi questionado sobre o massacre homofóbico de Orlando reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico). 
Também alerto o leitor que um dos grandes disfarces dos satanistas de elite é se dizerem cristãos e a partir daí descredibilizarem toda a palavra de Jesus, o Papa Francisco é um dos melhores exemplos. Para a análise às palavras do Papa relembro também o que a maior arma dos satanistas para condicionamento é misturar verdades com mentiras:
 
Vamos então analisar a entrevista:

 

Papa Francisco diz que cristãos devem pedir desculpas aos gays

(Citações do Papa a côr laranja Citações bíblicas a côr azul)
 

"os homossexuais "não devem ser discriminados, mas respeitados e acompanhados no plano pastoral".

Ora neste ponto estamos totalmente de acordo, qualquer cristão deve respeitar e não discriminar o seu próximo seja ele o que for. Estamos aqui para tentar ajudar os outros e não discriminá-los independentemente do que sejam.
 
 

"Uma pessoa que vive nessa condição, que tem boa vontade, que busca a Deus, quem somos nós para julgá-la?"

 
E aqui temos dois pontos, o primeiro é: "Que busca a Deus", esse ponto é essencial para a salvação, qualquer homossexual que busque verdadeiramente a Deus e aceite em seu coração as palavras de Jesus deve ser apoiado, confortado e será SALVO, mas logo a seguir o Papa afirma: "Quem somos nós para julgá-la?"
Ora aqui temos um problema, realmente quem sou eu, ou mesmo o papa para julgar o pecador?
QUEM JULGA É DEUS! E o sr. Papa NÃO É DEUS!
 
E realmente da forma colocada pelo Papa, até parece que tem razão, mas se ele se diz cristão e anda com a Bíblia debaixo do braço, deveria saber que segundo a Bíblia as relações sexuais entre indivíduos do mesmo sexo SÃO PECADO!
 
Mas ele convenientemente esqueceu-se de referir esse importante pormenor que faz toda a diferença.
Não vamos estar aqui a florear o que é a VERDADE, o Papa, se realmente fosse cristão, teria que realçar este ponto. Vamos ver algumas passagens bíblicas sobre as relações sexuais entre individuos do mesmo sexo para relembrar o Papa:
 
No Velho Testamento:
 
Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é uma abominação.
Levítico 18:22
 
Esta lei proíbe diretamente o ato homossexual.Na realidade, o restante do capítulo descreve quase todas as práticas que são classificadas como pecados sexuais: relações sexuais proibidas entre membros da família, relação sexual durante o ciclo menstrual de uma mulher, homossexualidade, sexo com animais entre outras.Todos eles têm o mesmo peso e o homossexualismo não é destacado dos demais pecados sexuais (os quais por si só se distinguem), mas está entre eles.
 
No Novo Testamento:
 
Por isso, Deus os entregou aos desejos dos seus corações, à imundície, de modo que desonraram entre si os próprios corpos.
Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura em vez do Criador, que é bendito pelos séculos. Amém!
Por isso, Deus os entregou a paixões vergonhosas: as suas mulheres mudaram as relações naturais em relações contra a natureza.
Do mesmo modo também os homens, deixando o uso natural da mulher, arderam em desejos uns para com os outros, cometendo homens com homens a torpeza, e recebendo em seus corpos a paga devida ao seu desvario.

Romanos 1:24-27
 
Pelo texto, vemos que o homossexualismo é um exemplo de como Deus entrega as pessoas às consequências da sua rebelião contra Ele. Parece que o exemplo é dado porque a homossexualidade é diametralmente oposta ao claro desígnio de Deus. Deus nos fez à Sua imagem (Gn. 1:27), com uma constituição que se completa na união do homem com a mulher (Gn. 2:22-25). Agir em clara oposição ao plano de Deus no nível natural declara, de forma inconfundível, a realidade da rebelião. 
E alguns movimentos gays ditos "cristãos", afirmam que a Bíblia não deve ser entendida literalmente, que a lei já não é válida e que o próprio Jesus nunca se referiu a esse assunto. Mas isso não é verdade pois na passagem da cura do "servo" do centurião a questão homossexual é abordada pelo Senhor Jesus, veja: 
 
 

A cura do “servo” do centurião e a homossexualidade - Parte 1- A Harmonização de relatos

http://www.nunes3373eb.com/news/a-cura-do-%e2%80%9cservo%e2%80%9d-do-centuri%c3%a3o-e-a-homossexualidade-%e2%80%93-parte-1-a-harmoniza%c3%a7%c3%a3o-de-relatos/

 
 

A cura do "servo" do centurião e a homossexualidade - Parte 2 - O pedido do centurião visto por Jesus

www.nunes3373eb.com/news/a-cura-do-%22servo%22-do-centuri%C3%A3o-e-a-homossexualidade-parte-2-o-pedido-do-centuri%C3%A3o-visto-por-jesus/

 
 
Nessa passagem Jesus mostra que todo o pecador pode ser perdoado e salvo independentemente do pecado, inclusive os mais graves, mas o Papa não se pode colocar acima da palavra de Deus e fazer de conta que a Bíblia não existe e que a homossexualidade pode ser encarada levianamente! 
O Papa demonstra aqui que a sua religião não é a cristã, mas alguma outra que se lhe opõem diretamente, ela pode até agradar aos homens, mas com certeza não agrada a Deus!
 
Continuando com a entrevista:
 
 

Segundo o papa, os cristãos não só devem pedir perdão aos homossexuais, como "aos pobres, às mulheres exploradas e às crianças obrigadas ao trabalho forçado".

 

Fonte: Papa Francisco diz que cristãos devem pedir desculpas aos gays

 
http://www.opovo.com.br/app/maisnoticias/mundo/2016/06/27/noticiasmundo,3628975/papa-francisco-diz-que-cristaos-devem-pedir-desculpas-aos-gays.shtml#.V3GwL2-ufe8.twitter
 

Transsexual ironiza com crucificação de Jesus em parada gay. E isto não é falta de respeito e preconceito anticristão? Os homossexuais que procurem a Deus não podem pactuar com estas faltas de respeito pelos cristãos.

 
Pedir desculpa? Como assim? O que os pobres, as mulheres exploradas ou as crianças têm a ver com homossexuais e porquê que os cristãos lhes devem pedir desculpa?
 
Eu sou cristão, prego a Bíblia aos homossexuais para que estes aceitem Jesus e sejam salvos, nunca lhes fiz mal nenhum e só desejo que se salvem, PORQUE DEVO PEDIR DESCULPA?
 
Quem devia pedir desculpa era o Papa pelos numerosos crimes que a sua igreja satânica pratica, incluindo o abuso sexual de crianças.
Os verdadeiros cristãos não devem pedir desculpa se realmente cumprirem a Palavra de Deus, pois não são culpados de nenhum dos crimes que o sr. Papa aponta!
 
O que me parece a mim é que o Papa quer culpabilizar os cristãos por todos os males do mundo...até dos massacres feitos por muçulmanos, que ele diz ser uma religião de “paz e amor”!
 

Pedir desculpa aos gays? Sr. Papa não seja cristofóbico!

 
Mas para um Papa que até já afirmou que os ateus podem ir para o céu, ainda que rejeitem Jesus e sua palavra levando a vida segundo os seus próprios conceitos morais, nada mais nos deve surpreender.
 
Para o sr. Papa os tempos mudaram, mas por muito que lhe custe a ele e ao Mundo, a Palavra de Deus não, e as relações sexuais gays continuam a ser um pecado, assim como o adultério, a promiscuidade, a imoralidade e comportamentos sexuais que não sejam os normais, sejam eles homo ou heterossexuais. Não serei eu a condenar ninguém, mas à luz da Palavra de Deus as coisas são bem claras e eu como cristão sou incumbido de pregar a palavra tal como ela é.
 

Deus julgará os imorais e os adúlteros, sejam eles HOMO OU HETEROSSEXUAIS

 
Qualquer verdadeiro cristão deve ter uma postura de amizade, apoio e conselho para com os homossexuais e jamais deve nutrir sentimentos de ódio ou preconceito. Devemos respeitar as escolhas de cada um mas isso não deve impedir que tenhamos e dê-mos opinião livre e firmada na Bíblia sobre as escolhas sexuais da sociedade.
Como já referi qualquer homossexual pode ser salvo, mas deve ser alertado que a sua inclinação sexual não agrada ao Criador, no princípio não era para ser assim e não devemos deixar que a carne se sobreponha ao espírito:
 
Ora, a aspiração da carne é a morte, enquanto a aspiração do espírito é a vida e a paz.
Porque o desejo da carne é hostil a Deus, pois a carne não se submete à lei de Deus, e nem o pode.
Os que vivem segundo a carne não podem agradar a Deus.

Romanos 8:6-8
 
Como se vê pela história foram várias as civilizações que pela sua decadência moral se auto-destruiram e a nossa caminha a passos largos para esse fim.
Um homossexual que Ame a Jesus vai ser ajudado por Ele e dentro do seu coração, conhecendo a palavra do Senhor, saberá o que deve ou não fazer, ou deixar de fazer.
 

A agenda gay da Nova Ordem Mundial

 

E porquê que o Papa e a mídia insistem tanto neste ponto de homossexualização na sociedade?

Porque este ponto é fundamental para os satanistas, a deturpação e ofensa à Lei divina é o seu alvo e o futuro líder da Nova Ordem Mundial (Anticristo) fará da agenda gay a sua mais forte bandeira.
Ele dirá que a homossexualidade é bem vinda e que a Bíblia está fora de uso e que os tempos mudaram. Os verdadeiros cristãos serão classificados de preconceituosos, antiquados e malvados por não pactuarem com os seus ideais e serão perseguidos e mortos por se oporem às suas leis.

Logo após o massacre de Orlando (aproveitando o timing) o princípe William deu uma entrevista à revista LGBT attitude criticando o "preconceito"

 
Este é um aviso que faço a todos os homossexuais:

 

Jesus aceita todos e perdoa TUDO, mas não perdoará aos que se unirem e/ou pactuarem pelo seu silêncio com os ideais deturpados do Anticristo quando este impuser a sua Nova Ordem Mundial.

Qualquer homossexual que busque verdadeiramente a Deus saberá distinguir entre a verdade e a mentira e não deve pactuar com estes mentirosos e assassinos, ainda que eles digam o que a sua carne quer ouvir.
 
Este Papa é um grande instrumento de Satanás para instituir a Nova Ordem Mundial, ele em breve sairá de cena para que entre o definitivo mentiroso da religião: O FALSO PROFETA, e o leitor deve estar bem consciente deste fato (1).
 
Bem sei que estas minhas palavras hoje em dia, num mundo cada vez mais ímpio poderão ser mal interpretadas e que suscitem ódios e até, aqui sim, um verdadeiro preconceito anticristão, mas neste blogue não se diz o que o mundo quer ouvir, aqui defende-se a Bíblia e a Jesus como a total verdade e enquanto tivermos liberdade de expressão é isso que faremos, doa a quem doer!
 
 
 
 

Referências:

 

(1) Papa Francisco e a profecia do último Papa revisitada (act.)


http://www.nunes3373.com/news/papa-francisco-e-a-profecia-do-ultimo-papa-revisitada/