Mas ai de vós, ricos!

22/06/2016 11:24
                             
O evangelho de Lucas tem uma frase de Jesus, que é muito interessante:
"Mas ai de vós, ricos! porque já tendes a vossa consolação."
Lucas 6:24
No discurso “Sermão da Planície” Jesus faz uma interessante advertência aos ricos deste mundo, Ele disse que os ricos devem temer por já terem a sua consolação. Qual seria a consolação deles? E porque eles deveriam temer?
Nós já escrevemos sobre a riqueza e como o dinheiro pode ou não ser um problema espiritual (1). Nesse artigo percebemos que o problema muitas vezes não é o dinheiro, mas sim o amor a este. Sendo assim o que pode Jesus querer dizer com esta frase?

As riquezas como consolação

O texto deixa claro que a consolação que eles possuem são as riquezas. Se eles tiverem alguma tribulação ou tristeza, não buscam a Deus e nem ajudam seus semelhantes, antes pegam no seu avião particular e vão conhecer os palácios da Inglaterra, as piscinas do topo do mundo ou fazer um safári a África.
Sim, eles viajam e gozam a vida como se nada lhes fosse ocorrer. Como se não fosse haver o fim desta era, nem segunda vinda de Jesus, nem as 7 pragas do apocalipse, nem o julgamento final, nem redenção, nem a inevitável morte, nada, apenas estão focados nos prazeres do mundo e no seu próprio conforto.
Sabemos que a grande maioria dos multimilionários deste mundo fecham os olhos para a pobreza ao redor e oprimem seus trabalhadores (entre muitas outras coisas injustas). Sem fazer isso não conseguiriam manter suas riquezas absurdas e isso não é para eles sequer uma hipótese a considerar. Se a consciência estivesse limpa teriam que repartir, não apenas pela simples doação (tantas vezes usada apenas para aparecerem nas colunas sociais), mas também com a construção de centros sociais, médicos em periferias, aumento do salário e condições laborais de seus empregados, etc.
Além de tudo isso teriam que ajudar na pregação do evangelho em escala mundial. Sabemos que o dinheiro entra em todo lugar e o evangelho poderia penetrar em muitos lugares obscuros do mundo. Mas a última coisa que os vemos a fazer é promover a justiça do Evangelho. Alguns até se dizem cristãos mas não se comportam como tal. 
É por estas questões que devem temer o juizo de Deus. Os pecados se acumulam e eles não desistem deles.
 
Ninguém tem que deixar de ser rico para agradar a Deus, isso não é uma exigência para a salvação, mas se alguém só encontra a sua consolação nas riquezas do mundo, sendo um idólatra do dinheiro, com certeza este não agradará a Deus e nem os seus supostos atos de justiça e caridade serão agradáveis ao Senhor, pois o seu coração está focado apenas na riqueza e posição social. Conforme o evangelho nos alerta não é possível servir a Deus ou ao dinheiro, sendo assim escolha hoje a quem quer servir...
Para agradar a Deus, em Deus tem que estar a nossa consolação, tudo o resto é lucro.
 
 

Referências:

(1) E os ricos, será que podem entrar no Reino dos Céus?
http://www.nunes3373eb.com/news/e-os-ricos-sera-que-podem-entrar-no-reino-dos-ceus-/
Fonte:
Lucas 6:24 – Mas ai de vós, ricos!
https://adventismoemfoco.wordpress.com/2011/06/14/lucas-624-mas-ai-de-vos-ricos/