Faça um tesouro nos céus

15/03/2019 11:45
                   
 

Nota inicial:

Alertamos o leitor que não encontrará o botão gosto do facebook a funcionar devidamente, e provavelmente não conseguirá partilhar o artigo devido ao nosso site ter sido parcialmente bloqueado e censurado nessa rede social dominada pelas elites e que pretende a todo o custo silenciar os que expõem a verdade.

Somos então totalmente alheios à perda de todas as funções associadas ao facebook.

 

 
Vendei o que tendes, e dai esmolas. Fazei para vós bolsas que não se envelheçam; tesouro nos céus que nunca acabe, aonde não chega ladrão e a traça não rói.
Porque, onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração.


Lucas 12:33,34
 
Antes demais convém descansar o leitor pois não iremos aqui pedir-lhe para vender TODOS os seus bens e, como veremos, pelo contexto em que Jesus faz esta afirmação também não nos parece que foi isso que Jesus pediu aos seus discípulos. Dito isto avançamos então para o que pensamos ser importante nesta desconcertante afirmação de Jesus, analisando o contexto da mesma um pouco mais à frente.
 

Tesouro no céu VS Tesouro na terra

 
 
Dentre tantas coisas que devemos fazer aqui, na Terra, para a nossa felicidade eterna, uma delas é desconhecida pela maioria das pessoas: fazer um tesouro nos céus que nunca acabe. Há indivíduos que têm mais de um emprego; outros se esforçam para conseguir juntar um pouco mais; há gente preocupada com a velhice e, por isso, começam a adquirir bens para conseguir manter-se. Tudo isso é certo, mas Jesus falou sobre fazer tesouro nos céus. Segundo Jesus este é um tesouro perpétuo, ele nunca acabará, não está sujeito a desgaste e ninguém o poderá roubar.
Na nossa vida humana vivemos muitas vezes ansiosos devido às nossas condições financeiras e materiais mas poucos, mesmo entre os cristãos, se preocupam da forma como passarão a eternidade, algo que tem com certeza muito mais importância.
Jesus é claro em afirmar que nossas ações na terra terão uma influência direta na forma como viveremos a eternidade. Claro que falamos aqui para cristãos pois os impíos e pagãos que morrem recusando a Cristo não podem alcançar o Reino de Deus, sendo assim nosso alerta é para todo o crente em Jesus.

 

Trabalhe por um tesouro que vale a pena

Nenhum ensinamento trazido pelo Mestre é de pouco valor. Ao contrário, Ele falou somente o que é verdade. Sendo assim perde muito quem não abre a mão para ajudar na evangelização dos perdidos, quem não dá um copo da Água da Vida aos milhões de sedentos, que, por este mundo afora, vivem bebendo das águas contaminadas e poluídas do mundo, as quais somente fazem mal. Perde muito quem não ajuda quem precisa, perde muito quem não abdica de algo material para ajudar o próximo pois, segundo Jesus, esses bens são tranformados em tesouros eternos guardados em bolsas que não envelhecem. Dar aqui implicará ter o retorno em bens e riquezas na eternidade, fazendo o bem aqui, na Terra, o verdadeiro tesouro é feito – depositado no Reino dos Céus.

 

Dar quanto? Jesus diz para dar tudo?

Não nos parece que Jesus esteja a pedir para vender tudo o que temos e dar esmolas. Para entender o que Jesus quis dizer é necessário contextualizar a afirmação. Ela foi proferida quando Jesus contava a parábola do rico insensato, em que o Senhor expunha um homem rico que tendo ganho muito em certa colheita não pensou em hora nenhuma dedicar parte de seus lucros e excedentes a Deus ou a caridade, ele simplesmente decidiu com seus lucros reinvestir tudo em seu negócio (veja vídeo no final).

 Numa outra ocasião Jesus também clarifica falando em "acumulação de riquezas"

 
Assim parece-nos que Jesus se refere exatamente aos excedentes com que o homem foi abençoado, aos bens que temos tendência a acumular, ele não se refere à parte que lhe traz sustento e bens de primeira necessidade, mas sim ao que tinha tido como excedente e que ele mesmo inicialmente tinha dúvidas do que fazer com o dinheiro.
Também na Bíblia lemos clarificando:
 
Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria.

2 Coríntios 9:7
 
Assim nos parece que Jesus não espera que demos o que também necessitamos, embora valorize quem tem a coragem de o fazer (Marcos 12, 41:44)
Mas sim Ele nos motiva a dar pois nos promete que todo o ato de caridade será altamente valorizado espiritualmente.
Então não vejamos essas palavras do Mestre como uma exigência pesada mas sim como uma promessa de retorno certo que obteremos no futuro.
 
"Lembrem-se: aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente."

2 Coríntios 9:6
 

 

Fontes

27/10/2008 - FAZENDO TESOURO NOS CÉUS
http://rrsos.com.br/mensagens.php?mensagem=fazendo-tesouro-nos-ceus
  •