A cura do cego de Betsaida-Como ajudar os que pensamos estar perdidos

22/06/2015 12:34
                           
Cura do cego de Betsaida - Marcos 8, 22-26
Chegaram a Betsaida e trouxeram-lhe um cego, pedindo-lhe que o tocasse.
Jesus tomou-o pela mão e conduziu-o para fora da aldeia.
Deitou-lhe saliva nos olhos, impôs-lhe as mãos e perguntou: «Vês alguma coisa?»
Ele ergueu os olhos e respondeu: «Vejo os homens; vejo-os como árvores a andar.»
Em seguida, Jesus impôs-lhe outra vez as mãos sobre os olhos e ele viu perfeitamente; ficou restabelecido e distinguia tudo com nitidez.
Jesus mandou-o para casa, dizendo: «Nem sequer entres na aldeia».
                                                                                                                
A cura do cego de Betsaida juntamente com a do surdo e gago de Marcos 7 são duas estranhas curas de Jesus. Estranhas porque Jesus não as realiza directamente, ou seja, usando apenas uma palavra como fez em muitos outros milagres, nestes Ele faz coisas inusitadas como impor-lhes as mãos, usar saliva e no fundo efetuou curas a 2 tempos.
Mas porque fez isso o Senhor?

A importância da intercessão pelos outros.

Quando analisamos ambas as passagens vemos um padrão comum:
Tanto o cego como o surdo são levados a Jesus por outros e não se dirigem por eles mesmo ao mestre, nestes casos existe uma intercessão de outros por eles.
Aqui especificamente o homem cego não procurou a Jesus por si próprio, alguém o conduziu, intercedeu, rogou por ele e o aproximou de Jesus. E assim tivemos uma inusitada cura a 2 tempos. Há alguém que traz este cego a Jesus, há alguém que intercede junto de Jesus por este homem, o que nos leva de imediato a percebermos a importância da nossa intercessão pelos outros, independentemente da fé dessas pessoas.
E sem querer entrar em grandes exposições teológicas e indo direto ao assunto, o que estas curas estranhas nos mostram é que mesmo aqueles que estão hoje (figurativamente falando) cegos, surdos ou mudos para a verdade, podem ser salvos se alguém de fé interceder por eles a Deus.
Qual de nós não tem amigos ou familiares que considera perdidos? Quantos dos nossos amados estão ainda na cegueira material não querendo sequer escutar quando lhes queremos mostrar a verdade espiritual e a consequência dos seus atos?
Pois bem, o que o Senhor nos mostra nestes milagres é o modo como Ele vai atuar na vida dessas pessoas que consideramos perdidas, usando como exemplo este cego vejamos os passos:
 
1)“Jesus tomou-o pela mão e conduziu-o para fora da aldeia.”
Em primeiro lugar Jesus toma pela mão o cego, isto é, Jesus vai analisar e se debruçar pessoalmente sobre a situação do homem.
A aldeia por sua vez representa a vida, o ambiente e as certezas que aquele homem vivia, a aldeia representa então parte do problema. Jesus vai então analisar e atuar na vida do homem de forma a conduzi-lo para fora do seu problema, muitas vezes este primeiro passo pode até ser doloroso pois pode implicar tribulação para a pessoa pela qual intercedemos, mas muitas vezes é necessária tribulação para retirar o homem da mentira.
 
2)“Deitou-lhe saliva nos olhos, impôs-lhe as mãos e perguntou: «Vês alguma coisa?»
Ele ergueu os olhos e respondeu: «Vejo os homens; vejo-os como árvores a andar.»                 “
Após o primeiro passo, Jesus vai tocar com algo seu na vida do homem, fazendo-o perceber já alguma coisa de seus problemas. Ele já vê, mas ainda não vê nitidamente. Ele via os homens como árvores, ou seja, ainda que não perceba nitidamente a importância das coisas espirituais, ele já percebeu as materiais e a estagnação que a sua vida anterior lhe trazia e que leva tantos outros homens a serem como árvores, imóveis e presos à terra.
Primeiramente, Jesus recupera aquilo que pode conduzir luz para a alma. Mas é normal que para os descrentes que sejam tocados pela luz, estes não enxerguem logo tudo perfeitamente mas sim de maneira distorcida.
 
3) Em seguida, Jesus impôs-lhe outra vez as mãos sobre os olhos e ele viu perfeitamente; ficou restabelecido e distinguia tudo com nitidez.
E agora que já se vê alguma coisa devido à intervenção de Deus na vida da pessoa, essa pessoa está então preparada para ver na perfeição o sentido de sua vida.
Aquilo que não via antes (porque tinha os olhos do coração fechados à beleza de Deus, ao Seu amor), passou a ver, e começa então a perceber que a sua vida só tem sentido se vivida n'Ele, por Ele e com Ele, numa abertura e entrega aos outros em que Ele se faz presença.
 
4)“Jesus mandou-o para casa, dizendo: «Nem sequer entres na aldeia.»”
E este é o último passo, se a aldeia representava a antiga vida daquele homem é importante que ele se afaste dela por sua própria vontade agora que sabe a verdade.
Imaginemos alguém que tinha um vício e que o largou por alguma intervenção divina em sua vida, ora é importante que liberto desse vício o consiga agora dominar, para não voltar a ser dominado por ele.
Deus pode libertar as pessoas mas não as quer contrariadas, são as próprias pessoas que devem querer continuar livres.
 
Conclusão
Nesta cura vemos o quanto é possível libertar os nossos amados que se encontram escravos do pecado desde que oremos por eles fazendo uma intercessão a Deus.
Jesus vai atuar na vida dessas pessoas, a conversão não será imediata mas a seu tempo a vida dessa pessoa irá mudar por intervenção divina. Deus a fará sair de sua zona de conforto e após este passo essas pessoas estarão preparadas para ver nitidamente o mundo e a Deus.
E após tudo isso é importante que a pessoa se recorde do que passou e faça a escolha certa, mantendo-se na luz e afastando-se da escravidão do pecado.
Mas acima de tudo é importante para você leitor entender que deve orar por aqueles que ama sem esmorecer, pois Deus vai atuar na vida dessas pessoas e mesmo os cegos mais tarde ou mais cedo verão nitidamente o Amor e Grandiosidade de Jesus, nosso Senhor!
Um abraço
 
Então levou-os para fora e perguntou: "Senhores, que devo fazer para ser salvo? "
Eles responderam: "Creia no Senhor Jesus, e serão salvos, você e os de sua casa".
Atos 16:30,31
 

Fontes:

UMA CURA A "DOIS TEMPOS"...
http://queeaverdade.blogspot.pt/2007/10/uma-cura-dois-tempos.html
Confundidos entre Homens e Árvores
http://sereisumasocarne.blogspot.pt/2012/06/confundidos-entre-homens-e-arvores.html
A cura do cego de Betsaida
http://www.rudecruz.com/a-cura-do-cego-de-betsaida-cuspiu-nos-olhos-vejo-arvores-homens-estudo-biblico.php